Notícias

< Voltar

Beija-Flor define Samba-Enredo 2016

Comunidade ”bate o pé” e escolhe samba da Beija-Flor de 2016

”Ao longe se ouviu a voz…” É com estas palavras que o segundo verso do refrão do meio do hino da Beija-Flor para 2016 começa a se formar, mas elas servem também para exprimir exatamente o que foi a final de samba da Deusa da Passarela na madrugada desta sexta. Com votação e participação praticamente unânime da comunidade, a obra composta por Marcelo Guimarães, Sidney de Pilares, Manolo, Jorginho Moreira, Kirraizinho e Diogo Rosa sagrou-se vencedora na acirrada disputa.

Pela primeira vez na Beija-Flor de Nilópolis, os votantes disseram ao microfone seus preferidos e a enxurrada de ”39´s”, número de inscrição do samba, repetiu-se até a grande maioria da quadra manifestar sua alegria. O diretor de carnaval da escola, Luiz Fernando do Carmo, o Laíla, falou sobre a metodologia.

– Não é muito diferente do que fazemos toda a semana. A única novidade é que eles tiveram que falar no microfone a preferência que tinham. Acho que a reação da comunidade fala por si só. Aqui na Beija-Flor quem escolhe o sambas são eles, por isso peço desde o início a participação maciça do nosso povo.

Cabeça da parceria e integrante do carro de som da azul e branca, Marcelo Guimarães sagrou-se campeão de samba-enredo pela segunda vez na escola. A outra havia sido em 2009. Já Sidney de Pilares venceu pela quarta vez – 2005, 2011, 2014 e 2016. Jorginho Moreira havia ganhado em 2011, e Diogo Rosa levou a melhor em 2014. Eles são outros que sentiram mais uma vez o gostinho da vitória. Estreantes na sensação são os compositores Manolo e Kirraizinho.

Com o samba definido, a Beija-Flor se prepara agora para a gravação de sua faixa no CD, que começa a acontecer na próxima semana, na Cidade do Samba. Em 2016, a atual campeã vai em busca do 14º título de sua trajetória no Grupo Especial, o quinto num intervalo de dez desfiles. Mais uma vez com a comissão de carnaval formada por Laíla, Fran Sérgio, Victor Santos, André Cezari, Bianca Behrends e Claudio Russo, a escola da Baixada Fluminense será a terceira a desfilar no domingo de folia.

Confira a letra do samba:

Autores: Marcelo Guimarães, Sidney de Pilares, Manolo, Jorginho Moreira, Kirraizinho, Diogo Rosa Intérprete: Nino do Milênio

ABRIU-SE A CORTINA DO TEMPO EMOLDURANDO A HISTÓRIA A BEIJA-FLOR ÔÔÔ DE NOVA LIMA À POESIA SE FEZ NA GENIALIDADE DO MARQUÊS NASCEU EM CONGONHAS DE SABARÁ O MAIS PURO OURO DAS MINAS GERAIS ATRAVESSOU O MAR, NO AFÃ DE CONQUISTAR CONHECIMENTO EM TERRAS LUSITANAS BRILHOU AOS OLHOS DA LEI, FORMOU-SE BACHAREL FIEL À NAÇÃO, ENFIM REGRESSOU A SAUDADE APERTOU

ECOOU UM BRADO DE RESISTÊNCIA AO LONGE SE OUVIU A VOZ DA INDEPENDÊNCIA PELO BRASIL, IMPERA FELICIDADE JÁ RAIOU A LIBERDADE

UM HOMEM DE REAL VALOR UM VENCEDOR NA ESTRADA DA VIDA EM SEU LEGADO A PRIMASIA NA GRATIDÃO QUE HERDARIA POETA, MÚSICO, ESCRITOR O MINEIRINHO QUE O RIO IMORTALIZOU TEU CHÃO FLORESCE A NOBREZA PRO SAMBA PASSAR UM TEMPLO SAGRADO A LUZ DO LUAR APOTEOSE DE TODO SAMBISTA ARTISTA! HERDEIRO VERDADEIRO DE CIATA QUE HOJE TE ABRAÇA AOS PÉS DA PRAÇA EM MAIS UM CARNAVAL

SOU BEIJA-FLOR, NA ALEGRIA OU NA DOR A DEUSA DA PASSARELA, É ELA! PRIMEIRA NA HISTÓRIA DO MARQUÊS QUE NA SAPUCAÍ É SOBERANA DE FATO NILOPOLITANA

 

Postado por estudiosync em 09/10/2015 às 16:53

Você vai gostar de ler