Notícias

< Voltar

Neguinho da Beija Flor

Com 21 anos de Beija-Flor, ele diz que não existe segredo para manter a empolgação do pessoal na avenida. “A gente tem que gostar do que faz e estar com a voz em dia, o resto é a alegria dos componentes”. Os puxadores tem uma enorme responsabilidade no desfile. São eles que mantêm a euforia durante o trajeto. Para Neguinho da Beija-Flor, estar na avenida é como disputar uma Copa do Mundo. “Procuro ser um Pelé na Copa de 70, pois é uma responsabilidade muito grande estar representando a escola no desfile e, apesar da experiência, o nervosismo sempre existe”. Cantando desde os 12 anos de idade, ele lembra com carinho de seu primeiro prêmio como cantor. “Ganhei duas latas de marmelada em um parque de diversão”.

Postado por estudiosync em 08/12/2015 às 15:58

Você vai gostar de ler