Desenvolvido e relizado por:
Coordenação:

QUADRA BEIJA-FLOR
Rua. Pracinha Wallace Paes Leme, N° 1025
Nilópolis – RJ – CEP: 26.050-032

 

 

BARRACÃO BEIJA-FLOR
Cidade do Samba (Barracão nº 11)
Rua. Rivadávia Correa, nº 60 – Gamboa
CEP: 20.220-290

© 2018 GRES - Beija-Flor

  • Branco Twitter Ícone
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Spotify

1977 – VOVÓ E O REI DA SATURNÁLIA NA CORTE EGIPCIANA

Resultado

Campeã do Grupo 1 (AESCRJ) com 86 pontos

Data, Local e Ordem de Desfile

11ª Escola de 20/02/77, Domingo
Av. Presidente Vargas

Autor(es) do Enredo

Joãosinho Trinta

Carnavalesco(s)

Joãosinho Trinta

Presidente

Nelson Abrahão David

Diretor de Carnaval
Laíla

Diretor de Harmonia
Laíla

1º Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira

Juju Maravilha e Zequinha

2º Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira

N/D

Coreógrafo da Comissão de Frente

N/D

Bateria

250 Componentes sob o comando de Mestre Pelé e Bitinho

Contigente

200 Componentes em 60 Alas

Samba Enredo

Autor(es)

Savinho da Beija-Flor e Luciano da Beija-Flor

Puxador(es)
Luiz Antônio Feliciano Marconde (Neguinho da Beija-Flor)

Caiu dos olhos da vovó
Uma lágrima sentida
Lembrando imagens de criança
Do velho tempo que passou
O seu pranto é colorido
Nas vivas cores da televisão
Que hoje assiste recordando
Formosos ranchos e grandes sociedades
No esplendor da noite
Como era lindo a presença do dia
A corte egipciana
Enredos de nostalgia

Não chore não vovó
Não chore não
Veja quanta alegria dentro da recordação

 

Relembre a graça do entrudo
E o fascínio do baile de Veneza
Lá em Roma Pagã
Para festejar a primavera
Colhiam frutose faziam orgia
Que começavam ao romper do dia

 

E vinha um rei
Num belo carro naval
Alegrando a saturnália
Inventando o carnaval

 

De lá pra cá
Tudo se transformou
Mas a vitória da folia ficou
No encanto do meu povo que brinca
Sambando quando samba a Beija-Flor